Sítios arqueológicos em áreas de Cerrado

Pintura rupestre no Parque das Emas

O sítio arqueológico mais conhecido de todo o Brasil fica em Minas Gerais, no município de Lagoa Santa. Lá foi encontrado o esqueleto humano mais antigo das Américas: o de uma mulher batizada como Luzia, com pelo menos 11.500 anos (idade bastante contestada).

Pertencente a um grupo humano que tinha traços similares aos dos negros africanos, Luzia representa um desafio para os arqueólogos, que no passado acreditavam que os primeiros brasileiros tinham traços parecidos com os dos orientais da Mongólia.

No estado do Mato Grosso, existem muitos sítios arqueológicos distribuídos ao longo das bacias dos rios Cuiabá e Arinos, os mais antigos com cerca de 11 mil anos. Esses grupos teriam se espalhado por todo o Mato Grosso entre 9 mil e 7 mil anos, desenvolvendo pinturas em um estilo conhecido como “Serranópolis”.

Por volta de 2.400 anos atrás surge uma indústria cerâmica simples, com o desenvolvimento de três padrões culturais na região: Tradição Itaparica, Tradição Una e Tradição Uru.

Em Goiás calcula-se que a ocupação humana tenha de 11 mil a 9 mil anos. São conhecidos 626 sítios arqueológicosno Estado, com três estilos distintos: o Caiapônia, o estilo Serranópolis e o estilo de Formosa, mais geométrico.

Essas pinturas normalmente retratam seres vivos — como lagartos, araras, emas, veados, macacos e tartarugas — figuras geométricas e situações cotidianas, como a caça.

A Superintendência do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em Goiás concluiu  o primeiro mapeamento dos 1.555 sítios arqueológicos do estado. Todos os dados coletados estarão em um banco de dados digital. Como os de Formosa, a maioria dos sítios do estado vizinho do DF se mantém exposta ao vandalismo e desconhecida da população.

No levantamento, ficou clara a falta de informações precisas sobre os sítios arqueológicos goianos. Até então, dos mais de 1,5 mil registrados, apenas 382 estavam georreferenciados. Agora, 799 têm a localização exata. Os outros 756 trazem meras referências, como “dentro da fazenda” de alguém, “após a porteira”, “em uma mata”.

“Alguns desse sítios já não existem mais, estão embaixo de hidrelétricas, por exemplo. Em outros, faremos o georreferenciamento usando equipamentos bem mais modernos que os do tempo em que os sítios foram descobertos”, explica a arqueóloga Ellen Carvalho, do Iphan de Goiás.

 Os sítios arqueológicos
Um sítio arqueológico é onde os homens que viveram antes do início da nossa civilização deixaram alguns vestígios de suas atividades: uma ferramenta de pedra lascada, uma pintura ou até a simples marca de seus passos. A arqueologia, ciência que estuda os costumes dos povos antigos, começou no Brasil em 1834. Nessa época, o dinamarquês Peter Lund (1801-1880) escavou as grutas da Lapa Velha, em Lagoa Santa (MG). Lá, foram encontrados ossos humanos misturados com restos animais de 20 mil anos. Há cerca de 20 mil sítios arqueológicos espalhados pelo Brasil. Poucos têm a proteção do governo.
Coletânea de informações a partir de Luciana Noronha é jornalista, formada pela Unesp-Bauru e http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2010/10/24/interna_cidadesdf,219656/index.shtml

Tags:, , , , , , ,

About cerradania

Operário das letras, Comunicador e Idealizador da Cerradania, Palestrante,Professor. Letterman, Communicator and Idealizer of Cerradania, Speakers,Teacher.

2 responses to “Sítios arqueológicos em áreas de Cerrado”

  1. jose arruda says :

    Boa reportagem, valoriza o espaço do Cerrado com mais atributos..

    Curtir

  2. Vinicius says :

    Boa reportagem

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Central do Cerrado – Produtos Ecossociais

Citizenship actions in the Cerrado biome

Rede MAIS Vida no Cerrado

O berço das águas corre perigo

biomas do cerrado

Citizenship actions in the Cerrado biome

WWF - Latest

Citizenship actions in the Cerrado biome

ISPN

Citizenship actions in the Cerrado biome

Cerratinga

Citizenship actions in the Cerrado biome

Rede Cerrado

Citizenship actions in the Cerrado biome

Citizenship actions in the Cerrado biome

Museu do Cerrado

Citizenship actions in the Cerrado biome

Day by Day the Farm Girl Way...

Simple life on a little piece of land.

Cerradania

Citizenship actions in the Cerrado biome

Jim Caffrey Images Photo Blog

photography from the ground up

%d blogueiros gostam disto: