Ruído humano atrapalha a complexa comunicação das araras, papagaios e maritacas

O desmatamento no cerrado causado pelo avanço da agricultura e pecuária, algumas espécies são especialmente ameaçadas, como é o caso dos papagaios, araras e maritacas, aves da ordem dos Psittaciformes.

Arara Canindé - foto de Felipe Noronha
Apesar de os Cerrados sofrerem, de maneira geral, com o desmatamento causado pelo avanço da agricultura e pecuária, algumas espécies são especialmente ameaçadas, como é o caso dos papagaios, araras e maritacas, aves da ordem dos Psittaciformes.

Recentemente, descobriu-se que a poluição sonora das cidades pode atrapalhar seriamente a comunicação dessas espécies, com impactos ainda pouco conhecidos sobre as suas populações.

Estudos apontam que um quarto das espécies que compõem essa ordem correm risco de extinção ou já tiveram suas populações diminuídas. Nas áreas de Cerrado, foram registradas 33 espécies de psitacídeos, e algumas delas só foram observadas nesses ambientes. A dificuldade de estudar essas aves em campo reduz ainda mais a quantidade de informação disponível sobre elas.

A tese de doutorado de Carlos Barros de Araújo, pesquisador do Instituto de Biologia (IB) da Unicamp, procurou investigar a alimentação, a comunicação sonora e a distribuição geográfica dessas aves, a partir de observações feitas em áreas no Cerrado Central de Goiás e no Distrito Federal.

Nas investigações sobre a comunicação dessas aves Carlos percebeu que, para combater o excesso de ruído, as espécies aumentavam a intensidade de seu canto ou adotavam frequências mais agudas, já que o barulho urbano possui um espectro grave. “No entanto, diante de um ruído elevado as espécies podem ser severamente prejudicadas, e as modificações dos cantos não são suficientes para manter a comunicação”, explica.

Ainda falta entender quais prejuízos as espécies podem sofrer com a redução do alcance de sua comunicação, e esse é o próximo passo da pesquisa. Há indícios de que o ruído pode afetar o modo como essas aves demarcam seu território e atrapalhar a sua alimentação e dinâmica diária. Segundo Carlos, “elas se espalham em pequenos bandos durante o dia, durante a alimentação, mas se congregam para dormir juntos, reduzindo os riscos de predação”. Toda essa sincronia entre as aves só é possível pela comunicação de longa distância.

Papagaio do Parque das Emas - foto de Felipe Noronha

Remetente e destinatário

No entanto, a ciência ainda não é capaz de compreender toda a complexidade da comunicação dos psitacídeos. Com uma quantidade de vocalizações impressionante – muitas ainda não descritas –, as araras, papagaios e maritacas possuem cantos de vôo, contato, vários tipos de alarme, de sentinela, de aviso sobre a disponibilidade de alimentos e muitos outros.

Recentemente, descobriu-se que, no canto de vôo dessas espécies, cada ave possui uma espécie de “assinatura vocal” só dela, que faz com que os outros pássaros identifiquem quem está enviando a mensagem.

Eles também descobriram que a ave que emitiu a mensagem é capaz de inserir, em seu próprio canto, a assinatura vocal de seu destinatário. Assim, ela consegue enviar a mensagem para um indivíduo específico, como se fosse a um destinatário, e todas as demais aves podem ignorá-la.

“Mas o que se esperava de espécies que imitam com precisão a voz humana?”, questiona-se Carlos. Deveríamos esperar muito mais.

DESTAQUE   http://e-cerrado.com/ruido-atrapalha-comunicacao-das-araras/

Tags:, ,

About cerradania

Operário das letras, Comunicador e Idealizador da Cerradania, Palestrante,Professor. Letterman, Communicator and Idealizer of Cerradania, Speakers,Teacher.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Central do Cerrado – Produtos Ecossociais

Citizenship actions in the Cerrado biome

Rede MAIS Vida no Cerrado

O berço das águas corre perigo

biomas do cerrado

Citizenship actions in the Cerrado biome

WWF - Latest

Citizenship actions in the Cerrado biome

ISPN

Citizenship actions in the Cerrado biome

Cerratinga

Citizenship actions in the Cerrado biome

Rede Cerrado

Citizenship actions in the Cerrado biome

Citizenship actions in the Cerrado biome

Museu do Cerrado

Citizenship actions in the Cerrado biome

Day by Day the Farm Girl Way...

Simple life on a little piece of land.

Cerradania

Citizenship actions in the Cerrado biome

Jim Caffrey Images Photo Blog

photography from the ground up

%d blogueiros gostam disto: