Carnaval da Cerradania. Dicas e Cuidados nas Trilhas e Acampamentos

Carnaval ta chegando e o meio ambiente do Cerrado pode te oferecer um ótima folia..

Não muito longe da capital do país, existem santuários ecológicos que guardam os segredos da terra e da água. Além de ser uma opção barata de diversão, acampar faz bem para o corpo e a mente. Não precisa ser militar nem escoteiro para montar uma barraca de acampamento. Nos campings mais próximos de Brasília, há segurança e boa infraestrutura para receber campistas de primeira viagem.

Na hora de escolher o melhor local para montar as barracas, alguns cuidados são essenciais. Primeiro, precisa limpar o lugar do acampamento para não dormir em cima de pedra, por exemplo. Também é bom ficar longe de cupinzeiros e mato fechado. O melhor lugar é sempre perto da água corrente e de fácil acesso a lenha. Mas a água e a lenha devem ser buscadas antes de escurecer, porque as pessoas podem se perder nas matas de galeria.

Se preferir evitar todas essas preocupações e cuidados, o jeito é se instalar em um camping, que tem cozinha e banheiro para oferecer maior conforto aos visitantes. Nas proximidades de Brasília, alternativas não faltam.

ROTEIROS

São Jorge (220km de Brasília)

Chalés e Camping Espaço Flora

Mais conhecido como Camping do Pedu, o espaço abriga até 60 barracas e possui árvores frutíferas que proporcionam sombra para os dias mais quentes. Na cozinha, os turistas podem usar o fogão e a geladeira. Há ainda espaço para fogueiras, rancho com redes, ducha, área comunitária e banheiros (masculino e feminino) com áqua quente. Além da área de camping, há chalés e um mezanino com vista para o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. A sacada permite a observação da lua e das estrelas. O preço de alta temporada é de R$15. Reservas pelos contatos: (62) 3455 1041 ou (61) 9605 4604.

Camping da Bete

Localizado na área central do povoado de São Jorge, o estabelecimento oferece fácil acesso a restaurantes e lanchonetes. O acampamento possui área coberta com mesa e bancos para alimentação e interação entre os turistas. O espaço arborizado oferece sombra o dia todo para até 60 barracas. Não possui cozinha, Os banheiros masculino e feminino têm água quente. O preço por pessoa varia de R$12 a R$15, dependendo da temporada. Para obter mais informações ou fazer reservas, ligue (62) 3455 1003 ou (62) 9669 4424.

Camping Taiuá

Localizado a 200 metros do centro do povoado e em área silenciosa, o camping tem mais de 400 árvores do cerrado com identificação em 80 espécies incluídas no catálogo explicativo. O espaço de 2.500 metros quadrados abriga até 200 pessoas. Os vestiários masculino e feminino oferecem espaço para 15 usuários. A cozinha é comunitária, com fogão a lenha, geladeira, mesa para 20 pessoas, redes e balanços. No Lounge & Bar Taiuá são oferecidos lanches naturais. No mês de julho, os primeiros 50 campistas pagam R$12. A partir disso, o preço sobe para R$15. Para fazer reservas, ligue para (61) 9822-9666 e 9928-9666 ou mande e-mail para campingtaiua@gmail.com.

Pirenópolis 137km Brasília

Pirenopolis - Geral da cidade

Pirenopolis – Geral da cidade

Camping Roots

Oferece uma área de 4 mil metros quadrados para até 120 campistas. Dependendo da estação, o visitante pode saborear de frutas como manga, caju, acerola, ameixa, abacate, jabuticaba ou goiaba. Os banheiros têm ducha quente e, do lado de fora, há uma ducha fria. É equipado com estacionamento, churrasqueira, fogão a lenha, mesas e cadeiras. Aos que preferem ficar nos quartos, as suítes para quatro pessoas têm uma cama de casal e duas de solteiro, com banheiro privativo e ventilador. Campistas pagam R$15 e, nos chalés, a diária é de R$70. Informações pelos números (62) 3331-2105 e (61) 9901-2071 ou pelo e-mailcampingroots@campingroots.org.

Camping Bom Sucesso

Localizado na zona rural de Pirenópolis, o camping tem espaço ilimitado e já recebeu 5 mil pessoas em uma festa. Os banheiros masculino e feminino possuem chuveiro elétrico e espelhos. Os campistas ficam nas margens do rio, sobre areia natural e espaço arborizado. Para quem prefere ter mais conforto, há quatro apartamentos construídos recentemente. O acampamento tem uma casa na árvore e redes para descanso. São cobrados R$15 para os campistas e R$ 90 para os que ficam nos apartamentos. Para entrar em contato, ligue para: (62) 3321-1217 ou (62) 9974-1351.

Cavalcante (307km de Brasília)

Cavalcante - Igreja e praça do povoado-Foto de Breno Fortes

Cavalcante – Igreja e praça do povoado-Foto de Breno Fortes

Camping Toca do Katitu

Possui área arborizada, caixas de areia, áreas demarcadas para montagem das barracas, cozinha comunitária, banheiros, espaço para fogueira e chuveiro quente. Com uma caminhada de 15 minutos, chega-se ao centro da cidade. O acampamento oferece serviço de guia turístico credenciado pelo Ibama, com roteiros de caminhadas, rapel, cavalgadas e pernoite em trilhas. O local é frequentado por várias espécies nativas do cerrado, como tucanos, araras, corujas-de-orelha e sanhaço. Também possui área cultivada com ervas medicinais e outras plantas típicas do cerrado. O preço cobrado dos campistas é de R$ 8. Reservas pelos contatos (61) 9671-1831 ou katituguia@gmail.com.

Camping Soluar

Localizado em uma reserva ecológica a 8 quilômetros de Cavalcante, o camping é arborizado, fornecendo muita sombra para até 100 barracas. A 800 metros do acampamento passa o Rio das Almas, mas não há cachoeiras acessíveis. O restaurante só funciona se os visitantes pedirem com antecedência. No total, são oito banheiros divididos em masculinos e femininos, com água quente. Em época de baixa temporada, o campista paga R$10 para montar a barraca. Em alta temporada, são R$15. Para fazer reserva ou obter mais informações, ligue para o número (61) 9958 – 7613.

Cocalzinho (101km de Brasília)

Camping Cachoeira do Girassol

Localizada a 101 quilômetros de Brasília, a fazenda onde fica o camping abriga até 100 barracas. Os banheiros são separados em masculino e feminino. O acampamento tem uma cachoeira, três piscinas naturais, trilha para andar a cavalo e toboágua. Não há cozinha comunitária, mas um restaurante atende os visitantes. À noite, as luzes da fazenda são acesas. O campista adulto paga R$22. Crianças de 5 a 12 anos pagam R$11 e menores de 5 anos acampam de graça. A fazenda só recebe campistas após o horário comercial, com reservas. Mais informações pelo fone (61) 3224-7001.

– Para caminhadas os tecidos mais apropriados são os que absorvem o suor e permitem que o corpo respire. Prefira modelos confortáveis, que não prendam os movimentos. Use roupas claras que refletem o calor. Lembre-se de levar chapéu ou boné e também dê atenção especial ao que irá calçar: tênis ou botas de tecido ou couro para caminhadas são as opções mais indicadas. Prefira sempre transportar sua bagagem em uma mochila. É a forma mais confortável para carregar seus pertences, deixando as mãos livres e o peso distribuído uniformemente;
-Lembre-se sempre de usar protetor solar e repelente e em épocas de chuva, não esqueça sua capa;
– Leve sempre um lanche leve para os passeios, pois eles dão energia e enganam a fome. Comidas secas, como biscoitos, grãos e barrinhas de cereais, são perfeitas para este fim.
– Leve um cantil ou garrafa de água e mantenha-se hidratado, pois durante o esforço físico a transpiração aumenta, e a necessidade de beber líquidos fica ainda maior;
– Aos Fumantes, segurem as pontas, pois o cigarro além de fazer mal a saúde e poluir, pode causar um incêndio de grandes proporções;
– Mantenha-se nas trilhas pré determinadas – não use atalhos que cortam caminhos. Os atalhos favorecem a erosão. Mantenha-se na trilha mesmo se ela estiver molhada, lamacenta ou escorregadia. A dificuldade das trilhas faz parte do desafio de vivenciar a natureza. Se você contorna a parte danificada de uma trilha, o estrago se tornará maior no futuro;
– Evite fazer barulhos, aproveite a sensação de harmonia e tranqüilidade que a natureza oferece. Caminhe em silêncio não levando instrumentos sonoros que possam causar impactos ao ambiente;
– Acampe somente em locais pré-estabelecidos, quando existirem. Evite áreas frágeis que levarão um longo tempo para se recuperar após o impacto. Acampe a pelo menos 60 metros de qualquer fonte de água;
– Certifique-se de que você possui uma forma de acondicionar o seu lixo (sacos plásticos), para trazê-lo de volta;
– Ao percorrer uma trilha, ou sair de uma área de acampamento, certifique-se de que elas permaneçam como se ninguém houvesse passado por ali. Remova todas as evidências de sua passagem. Não deixe rastros;
– Não queime nem enterre o lixo. As embalagens podem não queimar completamente, e animais podem cavar até o lixo e espalhá-lo. Traga todo o seu lixo de volta com você ou coloque-o em local apropriado;
– Utilize as instalações sanitárias que existirem. Caso não haja instalação sanitária (banheiro) na área, cave um buraco com quinze centímetros de profundidade a pelo menos 60 m de qualquer fonte de água, trilhas ou locais de acampamento, em local onde não seja necessário remover vegetação;
– Evite utilizar sabão, shampoo e similares em fontes de água;
Não construa qualquer tipo de estrutura, como bancos, mesas, pontes etc. não quebre ou corte galhos de árvores, mesmo que estejam mortas ou tombadas, pois podem estar servindo de abrigo para aves ou outros animais;
– Resista à tentação de levar “lembranças” para casa. Deixe pedras, artefatos, flores etc. onde você os encontrou, para que outros também possam apreciá-los;
– Tire apenas fotografias, deixe apenas leves pegadas, e leve para casa apenas suas memórias;
– Evite acender fogueiras. Se for cozinhar, faça em fogareiros para acampamento. Para iluminar, utilize lanternas ou lampiões, é muito mais prático e rápido;
– Se você realmente precisa acender uma fogueira, utilize locais previamente estabelecidos, e somente se as normas da área permitirem. Mantenha o fogo pequeno, utilizando apenas madeira morta encontrada no chão. Tenha absoluta certeza de que sua fogueira está completamente apagada antes de abandonar a área;

Respeite os Animais e Plantas

– Observe os animais à distância. A proximidade pode ser interpretada como uma ameaça e provocar um ataque, mesmo de pequenos animais. Além disso, animais silvestres podem transmitir doenças graves. Denuncie casos de biopirataria e agressões contra o meio ambiente aos órgãos competentes;
– Não alimente os animais em hipótese nenhuma;
– Não retire os animais silvestres do seu habitat natural, muito menos os maltrate;
– Não retire flores e plantas silvestres. Aprecie sua beleza no local, sem agredir a natureza e dando a mesma oportunidade a outros visitantes;
– Colabore ativamente com a Proteção Ambiental, seja um protetor e fiscal de natureza denunciando as agressões ao meio ambiente;

Respeite as Comunidades Locais

– Respeite as comunidades locais, seus valores, crenças e costumes. Não tenha atitudes que impactem com o modo de vida das mesmas;
– Não visite comunidades tradicionais sem pedir permissão, seja educado e siga as normas estabelecidas, evitando o aculturamento destas populações;
– Combata comportamentos e atitudes inadequados (prostituição, uso de drogas, exploração de menores, compras e preços injustos, corrupção etc.);
– Prestigie as associações, artesanato e eventos culturais locais;
– Contribua para o desenvolvimento econômico sustentável do local visitado, utilizando serviços oferecidos pela comunidade. Deste modo você estará colaborando para que os recursos financeiros permaneçam nas comunidades;

FONTE: http://ultimaparada.wordpress.com/2009/05/28/melhores-lugares-para-acampar-perto-de-brasilia/

About cerradania

Operário das letras, Comunicador e Idealizador da Cerradania, Palestrante,Professor. Letterman, Communicator and Idealizer of Cerradania, Speakers,Teacher.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Central do Cerrado – Produtos Ecossociais

Citizenship actions in the Cerrado biome

Rede MAIS Vida no Cerrado

O berço das águas corre perigo

biomas do cerrado

Citizenship actions in the Cerrado biome

WWF - Latest

Citizenship actions in the Cerrado biome

ISPN

Citizenship actions in the Cerrado biome

Cerratinga

Citizenship actions in the Cerrado biome

Rede Cerrado

Citizenship actions in the Cerrado biome

Citizenship actions in the Cerrado biome

Museu Virtual de Ciência e Tecnologia – Cerrado

Citizenship actions in the Cerrado biome

Day by Day the Farm Girl Way...

Simple life on a little piece of land.

Cerradania

Citizenship actions in the Cerrado biome

Maravilhas do Cerrado

"O uso da fotografia e cultura digital para fomento da educação ambiental"

Jim Caffrey Images Photo Blog

photography from the ground up

%d blogueiros gostam disto: