Archive | 15 de maio de 2014

óia, o baruim ta baruianu até nóis vê

óia, ve se nã se  avexe, pra modi uce  vê , milagre  num ta longe , ta bem perto de nóis, as vezes de dentro de nós.

Ve se nã se avexe e ouve , avista bem aqui no seu terrero do cerrado,  presinto que ucê vai gostar..

Tamus juntos., escuta ai: ” o baruim ta baruianu até nós vê”.

Larissa Malty interpretando a véia do cerrado.

Vê a delicadeza e a profundidade da poesia de Larissa Malty, em sua interpretação épica da VÉIA DO CERRADO.

outra opção

Apresentando a atriz Larissa Malty interpretando a VELHA DO CERRADO e seu poema “A Árvore e a Véia”. Mostra D. Rosa Cachimbo (106 anos) de Correntina-BA. Música Caicó cantada palo Grupo SONS DO CERRADO. Contato: (62)3946-1708 sonsdocerrado@gmail.com http://www.ucg.br/Institutos/its/

Ibama intensifica combate ao desmatamento no Nordeste do Mato Grosso

Como parte da Operação Guardiões do Araguaia, Agentes Ambientais Federais dos estados de GO, MT e RS estão realizando fiscalização de combate ao desmatamento na região nordeste do estado de Mato Grosso, principalmente nos municípios de Confresa, Vila Rica e São Felix do Araguaia, onde polígonos de desmatamentos, identificados por meio de imagens de satélite e pelos programas DETER e INDICAR, estão sendo verificados em campo, além de denúncias recebidas na base operativa montada na cidade de Confresa. Segundo o Chefe da Operação, Stanley Vaz dos Santos, “até o momento, foram vistoriados 60 polígonos de desmatamento e lavrados 20 autos de infração no valor total de R$ 12.813.750,00, referentes a 35 polígonos com dano ambiental. O total de área embargada já chega a 2.171,55 hectares e deve aumentar consideravelmente, uma vez que são apenas treze dias de operações”.

 Dentre as infrações que estão ocasionando a destruição da floresta amazônica na região, o mais freqüente tem sido a derrubada da vegetação seguida de queima da área, ou o incessante e gradativo uso do fogo até a completa destruição para a formação de pastagens.

Dentre as infrações que estão ocasionando a destruição da floresta amazônica na região, o mais freqüente tem sido a derrubada da vegetação seguida de queima da área, ou o incessante e gradativo uso do fogo até a completa destruição para a formação de pastagens.   

Foi verificada também em campo a técnica de anelamento do caule das árvores (retirada da casca e uma fina camada lenhosa), obstruindo o fluxo de seiva elaborada que alimenta toda a planta, na tentativa de confundir a fiscalização que as mesmas foram mortas naturalmente. Uma vez que neste processo as árvores ressecam e não ficam as marcas do corte por motosserra.

Os desmates localizados e fiscalizados no Nordeste do Araguaia tem como base o período de 2010 a 2011e totalizam mais de 200 polígonos para serem fiscalizados. Pelos indicativos do DETER e em polígonos levantados em campo foram lavrados vários autos por desmatamentos recentes, com menos de um mês. Segundo informações recebidas na Base Operativa, os equipamentos foram retirados às presas quando souberam da presença dos Agentes Ambientais do Ibama na região.

 

Mirza Nóbrega..Ascom/GO

Central do Cerrado – Produtos Ecossociais

Citizenship actions in the Cerrado biome

Rede MAIS Vida no Cerrado

O berço das águas corre perigo

biomas do cerrado

Citizenship actions in the Cerrado biome

WWF - Latest

Citizenship actions in the Cerrado biome

ISPN – Instituto Sociedade, População e Natureza

Citizenship actions in the Cerrado biome

Cerratinga

Citizenship actions in the Cerrado biome

Rede Cerrado

Citizenship actions in the Cerrado biome

Citizenship actions in the Cerrado biome

Museu do Cerrado

Citizenship actions in the Cerrado biome

Day by Day the Farm Girl Way...

Simple life on a little piece of land.

Cerradania

Citizenship actions in the Cerrado biome

Jim Caffrey Images Photo Blog

photography from the ground up

%d blogueiros gostam disto: