A Eugenia ta linda no cerrado

To no alto que é plano, ah sim, no Planalto. Que é Central
Estamos em setembro, tempo que muda, recomeço das aguas, numa expectativa de mais chuvas.
Arvinha que tava desnuda, ja se apresenta com seu buque, uma florescencia inigualável branco com leve tom de rosa pra daqui em diante se converte em fruta
Ha, não é apenas bela, é explendida; ma-ra-vi-lho-sa.
Em seguida frutifica globoso,, levemente ácido com um amarelo e polpa bem suculenta.
Os povos do cerrado, sempre repetem fruta dela não cai na poeira.
Assim recomeçamos pela florescencia mais um ciclo da vida no cerrado.
Um desculpa que achei pra falar um pouco da Eugenia.

Cagaiteira Eugenia Dysenterica

Cagaiteira
Eugenia Dysenterica


A cagaiteira é uma árvore sem exsudação ao se destacar a folha. Copa com ramos terminais avermelhados quando jovens e gemas ferrugíneas. Troncos com até 32cm de diâmetro; ritidoma de cor cinza ou castanho, com fissuras e cristas sinuosas e descontínuas, veios castanhos. Folhas simples; opostas, cruzadas; elípticas ou ovadas; 3 a 10cm de comprimento e 1 a 5cm de largura; ápices agudos, acuminados ou obtusos e bases assimétricas, agudas, subcordadas ou obtusas; margens inteiras e onduladas; nervação broquidódroma, nervuras primárias e secundárias amareladas; pecíolos de até 1cm de comprimento; sem estípulas, folhas coriáceas; concolores, com ou sem glândulas laminares que exalam odor agradável ao se amassarem as folhas; glabras. Flores de até 2cm de diâmetro; com quatro pétalas livres de cor branca. Frutos de até 4cm de diâmetro; carnosos; globóides; amarelos; suculentos quando maduros. Sementes de até 1,5cm de diâmetro; ovais; de cor creme; uma a quatro por fruto.
Habitat e distribuição – ocorre no cerrado sentido restrito e cerradão, no DF e nos estados BA, GO, MA, MT, MS, MG, PA, PI, SP e TO. Fenologia e reprodução – árvore decídua; folhação: agosto-setembro; floração: agosto-setembro; polinização: abelhas; frutificação: o ditado popular: ‘Cagaiteira não cai na poeira’, indica frutos maduros nas primeiras chuvas; dispersão: animais; sementes: 1.300/kg; germinação: taxa de até 97% com escarificação, as sementes perdem a viabilidade rapidamente.
Usos – frutos consumidos in natura e em iguarias regionais. Na medicina popular, os frutos são laxantes e as folhas são antidiarréicas e para o coração, as flores são usadas para os rins. É árvore melífera, tanífera, corticeira e ornamental.
Etimologia – Eugênia: homenagem ao príncipe Eugênio de Sabóia. Dysenterica: propriedade laxante dos frutos. Cagaita: alusão ao efeito laxante dos frutos.

Tags:, , , , , , ,

About cerradania

Operário das letras, Comunicador e Idealizador da Cerradania, Palestrante,Professor. Letterman, Communicator and Idealizer of Cerradania, Speakers,Teacher.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Central do Cerrado – Produtos Ecossociais

Citizenship actions in the Cerrado biome

Rede MAIS Vida no Cerrado

O berço das águas corre perigo

biomas do cerrado

Citizenship actions in the Cerrado biome

WWF - Latest

Citizenship actions in the Cerrado biome

ISPN

Citizenship actions in the Cerrado biome

Cerratinga

Citizenship actions in the Cerrado biome

Rede Cerrado

Citizenship actions in the Cerrado biome

Citizenship actions in the Cerrado biome

Museu do Cerrado

Citizenship actions in the Cerrado biome

Day by Day the Farm Girl Way...

Simple life on a little piece of land.

Cerradania

Citizenship actions in the Cerrado biome

Jim Caffrey Images Photo Blog

photography from the ground up

%d blogueiros gostam disto: