Feliz ano novo cerradense

 

Ao final de cada ano, nos colocamos a refletir sobre o que fizemos e o que faremos.

cropped-por-do-sol-cerrado-strito-sensus-2.jpg

Ninguém deveria se estabelecer neste universo de ser, sem uma missão, tarefa, ou simplesmente passar por aqui, sem deixar algo de contributivo ao seu espaço de relação. Somos matéria estabelecida com o preconceito de que somos diferentes de outros seres vivos por nossa capacidade racional. E isso, as vezes, intriga pela autodestruição que cometemos seguidamente com nossos atos de vida, principalmente, de consumo.

O cerrado, nosso espaço vivencial, tem sido abruptamente e inconsequentemente usado, sem piedade e respeito. Ainda, estamos por colocá-lo como patrimônio ambiental, em condições de igualdade com os outros biomas.

Assim, seguimos em nosso quadrado- DF- com as administrações públicas sucessivas em estabelecer estratégias políticas de programas como Brasília- cidade parque; Brasília nos parques e outros, sem estabelecer critérios gerenciais adequados de conservação e de preservação dos espaços criados como Unidades de Conservação. E, seguimos destruindo as nascentes e córregos que contribuem ativamente para a manutenção do nosso propalado Lago Paranoá e outros, vamos precisar dele, para saciar a sede de nossa comunidade. Estamos ainda produzindo lixos e mantendo em condições inadequadas de tratamento com resíduos sólidos.

Gostaria imensamente de escrever avanços pelos nossos comportamentos de cerradania, mas, não seria coerente por tudo que continuamos a fazer com o nosso espaço. As retóricas, especialmente, políticas são boas, mas a prática é adversa ao mínimo desejável de respeito ao meio ambiente.

Tudo bem, seguimos nós, devemos utilizar do dito sempre repetido e importante: Pensar globalmente e agir localmente. Talvez, pensamos globalizados  e agimos loucamente.

Amanhã poderá os herdeiros, se frustrar pelo acometimento de nossos atos no presente. Interessante que está bem definido em nossa Constituição: Garantir o meio ambiente para a presente e futura geração…

Feliz ano novo – cerradenses

About cerradania

Operário das letras, Comunicador e Idealizador da Cerradania, Palestrante,Professor. Letterman, Communicator and Idealizer of Cerradania, Speakers,Teacher.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Central do Cerrado – Produtos Ecossociais

Citizenship actions in the Cerrado biome

Rede MAIS Vida no Cerrado

O berço das águas corre perigo

biomas do cerrado

Citizenship actions in the Cerrado biome

WWF - Latest

Citizenship actions in the Cerrado biome

ISPN

Citizenship actions in the Cerrado biome

Cerratinga

Citizenship actions in the Cerrado biome

Rede Cerrado

Citizenship actions in the Cerrado biome

Citizenship actions in the Cerrado biome

Museu do Cerrado

Citizenship actions in the Cerrado biome

Day by Day the Farm Girl Way...

Simple life on a little piece of land.

Cerradania

Citizenship actions in the Cerrado biome

Jim Caffrey Images Photo Blog

photography from the ground up

%d blogueiros gostam disto: