O grito e a resistência no cerrado

Felizes aquel@s que participaram do encontro o grito e a resistência no cerrado:
saberes e fazeres dos povos deste chão. Na cidade de goiás-go, sexta-feira, 10 de setembro de 2010.
Infelizmente por estar fora do brasil, não pude registrar em tempo e participar desse movimento valoroso ao cerrado. Mas, faço questão do registro para o conhecimento dos seguidores do blog, ato que valoriza a cerradania.

grita_cerrado

Foto pastoral

O encontro em comemoração ao 11 de setembro – dia nacional do cerrado, compartilhou os saberes e fazeres dos povos cerradeiros, possibilitando o contato direto com os sujeitos que constroem essa história, que se configura como exemplo concreto das iniciativas de resistência que devem ser valorizadas e multiplicadas. Reunião de gente, em clima de festa e alegria, a oportunidade das mais variadas trocas: entre gerações, entre campo e cidade, entre comunidades de práticas semelhantes mas tão distantes umas das outras geograficamente.

Com uma intensa programação : Benditas todas as nossas chegadas!

Banda do 6º bpm – convite à participação no encontro.

Mística de abertura – os gritos e a resistência que brotam do cerrado

Fala de boas vindas:

questões ambientais, proteção do cerrado, plantas medicinais, saberes e fazeres das populações tradicionais.

– maria luiza da silva oliveira, coordenadora diocesana da pastoral da saúde

– aguinel lourenço fonseca, coordenador diocesano da pastoral da terra

O fazer memória de nossas raízes

Apresentações culturais nas tendas:

O momento de apreender para compartilhar

Oficina prática:  oficina de balas de gengibre, na casa da agricultura familiar.
A hora de ouvir e falar dos encantos do cerrado

O cerrado e sua biodiversidade – possibilidades de uso sustentável. Dr. Evandro de queiroz

O momento de apreender para compartilhar

Oficinas práticas:

oficina de garrafada ginecológica, na casa da agricultura familiar.

oficina de sabonete de pacari, na casa do migrante.

O fazer memória de nossas raízes

Os nossos valores na ciranda do cerrado

Encerramento:

Ciranda da diversidade                                                                                                                                     Dos segredos das palavras brotam cheiros, sabores e cores

Confraternização: luau

O Encontro contou, além desta programação em horários específicos, com atividades permanentes. Exposição fotográfica (fotos de Marina Moreira),exibição de vídeo sobre o trabalho desenvolvido pela Casa da Agricultura junto às comunidades e Farmacinhas. No espaço de Direitos Humanos, benzedeiras estarão à disposição para receber @s interessad@s.

O Encontro contou, além desta programação em horários específicos, com atividades permanentes. Exposição fotográfica (fotos de Marina Moreira),exibição de vídeo sobre o trabalho desenvolvido pela Casa da Agricultura junto às comunidades e Farmacinhas. No espaço de Direitos Humanos,benzedeiras estarão à disposição para receber @s interessad@s.

Demonstração da produção manual de peças em cerâmica, atividade característica da região.

  • Raizeir@s, apresentando plantas medicinais e compartilhando seu saber.

    Degustaçãode iguarias preparadas com produtos do Cerrado (licores, geléias, sucos, patês vegetais).

    • Mudas e sementes de espécies do Cerrado para distribuição, com orientaçõespara seu plantio e cultivo.

  • Demonstração da produção manual de peças em cerâmica, atividade característica da região.
  • Fiandeiras, compartilhando seus fazeres.
  • Artesanato e produtosdas comunidades.

Parabens aos organizadores, incentivadores e apoiadores.

O Cerrado desaparece, e juntamente com ele perdemos a opção de uso sustentável de recursos como as numerosas espécies de potencial alimentar e farmacológico nele existentes. E é neste contexto de degradação que realizamos este Encontro, buscando apontar caminhos para a reversão deste quadro.

Embora de riqueza inquestionável e de relevância atestada em caráter planetário, ainda é parco o conhecimento sobre o Cerrado e tudo aquilo que ele pode oferecer, numa modalidade de uso que, em vez de acentuar sua degradação, pode contribuir para sua proteção. É preciso, pois, ampliar a divulgação das ações em andamento, evidenciando soluções simples tanto para questões cotidianas da população quanto para a produção com o Cerrado em pé.

Parabens a integração de quatro Pastorais Sociais da Diocese de Goiás – Pastoral da Terra (CPT), Casa dos Migrantes, Direitos Humanos e Pastoral da Saúde –, nasceu a Casa da Agricultura Familiar Dom Tomás Balduíno. Coordenada pela Pastoral da Saúde, propõe-se a ser um espaço permanente de divulgação e valorização da memória e cultura camponesa, atuando ainda no estreitamento das relações entre a população urbana e agricultor@s.

Baseado na reportagem do http://racismoambiental.net.br/2016/09/09/cidade-de-goias-go-recebe-o-encontro-o-grito-e-a-resistencia-no-cerrado/

 

 

About cerradania

Operário das letras, Comunicador e Idealizador da Cerradania, Palestrante,Professor. Letterman, Communicator and Idealizer of Cerradania, Speakers,Teacher.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Central do Cerrado – Produtos Ecossociais

Citizenship actions in the Cerrado biome

Rede MAIS Vida no Cerrado

O berço das águas corre perigo

biomas do cerrado

Citizenship actions in the Cerrado biome

WWF - Latest

Citizenship actions in the Cerrado biome

ISPN

Citizenship actions in the Cerrado biome

Cerratinga

Citizenship actions in the Cerrado biome

Rede Cerrado

Citizenship actions in the Cerrado biome

Citizenship actions in the Cerrado biome

Museu Virtual de Ciência e Tecnologia – Cerrado

Citizenship actions in the Cerrado biome

Day by Day the Farm Girl Way...

Simple life on a little piece of land.

Cerradania

Citizenship actions in the Cerrado biome

Jim Caffrey Images Photo Blog

photography from the ground up

%d blogueiros gostam disto: