Misterios da Serra dos Galés

A cidade de Paraúna está localizada no sudoeste goiano, onde podem ser encontradas grandes montanhas rochosas que lhe conferem uma característica bastante peculiar.

Região de pecuária e de grande potencial turístico. Está distante de Goiânia a cerca de 155 km tem uma população de aproximadamente 11.000 habitantes.

As formações rochosas lembram verdadeiras construções que poderiam pertencer a um passado muito remoto e desconhecido de nossa terra.

serra-das-gales

O município de Paraúna chamava-se Bota Fumaça, povoado do município de Palmeira de Goiás, em torno de 1900 fazendeiros doaram terras para o povoado que tinha uma capela em homenagem ao Menino Jesus, o local passou a ser chamado de São José do Turvo e elevado a distrito. Em 7 de julho de 1930 recebeu o nome de Paraúna  que em tupi que dizer Para(Rio) e Una(Preto).

Serra das Galés, um local místico e bastante procurado por sua beleza onde há estranhas formações rochosas com figuras esculpidas pelo vento ao longo de milhares de anos, que impressionam pela semelhança com animais, pessoas e objetos. É uma espécie de cultura megalítica milenar. São formações em arenito caracterizando figuras como a Pedra da Tartaruga, o Cálice de Pedra, a Esfinge, o Índio, o Lorde Francês, a Máquina de Escrever e outros que podem surgir de acordo com a visão do espectador. Segundo os geólogos a formação rochosa é de idade permo-carbonífera, com cerca de 290 milhões de anos e provenientes de erosão que deu formas tão originais às rochas.

Ponte de Pedra onde tem o rio com o mesmo nome fica na fronteira com o município de Rio Verde. O Rio Ponte de Pedra esculpiu uma ponte natural de pedra que originou o seu nome. É uma obra de arte feita pelo tempo, uma visão única.

Indiscutivelmente os sítios arqueológicos de Paraúna merecem uma atenção maior da arqueologia brasileira e mundial, pois esta ruína se assemelha muito com as encontradas em outros sítios arqueológicos, como Ilha de Páscoa, Machu Picchu, no Perú, e no Egito se encontra construções semelhantes. Um grandeza de beleza imensurável em pleno cerrado goiano. Isso faz parte dos nossos Ermos e Gerais.

baseado na citação do

https://bikedocerrado.wordpress.com/2017/02/23/parauna-cicloturismo-uma-odisseia-a-misteriosa-serra-da-arnica/

About cerradania

Operário das letras, Comunicador e Idealizador da Cerradania, Palestrante,Professor. Letterman, Communicator and Idealizer of Cerradania, Speakers,Teacher.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Central do Cerrado – Produtos Ecossociais

Citizenship actions in the Cerrado biome

Rede MAIS Vida no Cerrado

O berço das águas corre perigo

biomas do cerrado

Citizenship actions in the Cerrado biome

WWF - Latest

Citizenship actions in the Cerrado biome

ISPN

Citizenship actions in the Cerrado biome

Cerratinga

Citizenship actions in the Cerrado biome

Rede Cerrado

Citizenship actions in the Cerrado biome

Citizenship actions in the Cerrado biome

Museu do Cerrado

Citizenship actions in the Cerrado biome

Day by Day the Farm Girl Way...

Simple life on a little piece of land.

Cerradania

Citizenship actions in the Cerrado biome

Jim Caffrey Images Photo Blog

photography from the ground up

%d blogueiros gostam disto: