Ameaça ao cerrado do maranhão

Florestas de eucalipto ameaçam vida do sertanejo no cerrado do MA

Alerta que vem do cerrado maranhense. É que as plantações de eucalipto na região estão ameaçando a sobrevivência dos povos tradicionais, a segurança alimentar no campo e está despertando reações de ativistas que atuam em defesa do meio ambiente e da pobreza ao redor do mundo. Estudos mostram como as florestas de eucalipto estão sufocando a vida do sertanejo, reservas nativas do cerrado e a reação da Justiça no Maranhão.

Também foi assunto do programa a reunião dos secretários de agricultura de 15 municípios da região tocantina que debateram em Imperatriz, a 626 km de São Luís, as ações de integração que serão desenvolvidas durante este ano. O objetivo do encontro também é trocar experiências e promover o potencial de cada região para melhorar a produção agrícola local.

Os  produtores de leite, da cidade de João Lisboa, situada no oeste do estado, recebem apoio técnico para aumentar a produção. É mais uma etapa do projeto balde cheio, realizado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) na região.

Em Balsas, na região sul do Maranhão, agricultores avaliam a safra 2016/2017 que começou a ser colhida. Até agora os índices de produtividade estão dentro do esperado, mas o cuidado com o controle de pragas e doenças está sendo reforçado para evitar perdas.

devastação cerrado

A valorização da terra em mercados consolidados como São Paulo, Minas Gerais e Paraná transformou os Estados de Mato Grosso do Sul, do Maranhão, do Tocantins e do Pará nas novas fronteiras florestais para o cultivo do eucalipto voltado à indústria.

Durante quatro décadas, o Cerrado, segundo maior bioma da América Latina, perdeu metade de sua vegetação nativa. Envolto pelo discurso neoliberal como sendo o ‘celeiro do mundo’, o Cerrado sofreu um desmatamento invisível para grande parte da sociedade. A devastação foi, inclusive, legitimada por meio de programas governamentais de ocupação e de incentivo à agropecuária, iniciados ainda no período da ditadura militar e cuja proposta foi mantida no atual Plano de Desenvolvimento Agrícola (PDA), mais conhecido como Matopiba.

bioma cerrado

O Cerrado, segundo estudo de Myanna Lahsen, “é classificado como um dos 35 hotspots de biodiversidade existentes no planeta”, o que significa que este bioma apresenta elevada biodiversidade, mas encontra-se ameaçado ou passa por um grave processo de degradação. A organização não-governamental Conservation International classificou as 35 áreas com grande importância biológica no mundo e que atualmente estão ameaçadas.

Vem ai: A Expedição Cerradania

About cerradania

Operário das letras, Comunicador e Idealizador da Cerradania, Palestrante,Professor. Letterman, Communicator and Idealizer of Cerradania, Speakers,Teacher.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Central do Cerrado – Produtos Ecossociais

Citizenship actions in the Cerrado biome

Rede MAIS Vida no Cerrado

O berço das águas corre perigo

biomas do cerrado

Citizenship actions in the Cerrado biome

WWF - Latest

Citizenship actions in the Cerrado biome

ISPN

Citizenship actions in the Cerrado biome

Cerratinga

Citizenship actions in the Cerrado biome

Rede Cerrado

Citizenship actions in the Cerrado biome

Citizenship actions in the Cerrado biome

Museu Virtual de Ciência e Tecnologia – Cerrado

Citizenship actions in the Cerrado biome

Day by Day the Farm Girl Way...

Simple life on a little piece of land.

Cerradania

Citizenship actions in the Cerrado biome

Jim Caffrey Images Photo Blog

photography from the ground up

%d blogueiros gostam disto: