Cerrado berço das águas

The relationship between the Cerrado and the water in Brazil is very pronounced, the biome shelters springs of several rivers and also supplies important aquifers.

Cerrado é considerado por muitos como um importante berço das águas do Brasil, tão importante para a disponibilidade dos recursos hídricos no país quanto a Amazônia. O principal motivo dessa consideração é o fato de esse domínio morfoclimático concentrar uma área que abriga nascentes de importantes rios, beneficiando oito entre as doze grandes bacias hidrográficas brasileiras.

Essa configuração natural rendeu ao Cerrado o título de “caixa d’água do Brasil”, pois os seus domínios florestais seriam responsáveis por abastecer a maior parte dos rios e recursos hídricos do país, incluindo aí importantes áreas de abastecimento. Segundo a ONG WWF Brasil, 90% da população brasileira consome energia diretamente produzida no Cerrado ou fornecida por alguma hidrelétrica cujas águas nascem nesse bioma. As águas do Cerrado também abastecem a agricultura e a atividade industrial de boa parte do território brasileiro.

berço de nascentes do cerrado

A vegetação do Cerrado também auxilia na captação das águas das chuvas para o abastecimento de três importantes aquíferos, com destaque para o Aquífero Guarani, um dos maiores do mundo em extensão e também em volume, responsável pelo abastecimento de boa parte do Brasil e também de outros países.

Alguns dos mais importantes rios brasileiros possuem boa parte de suas nascentes na região do Cerrado. O Rio São Francisco é um deles: ao todo, o Velho Chicopossui cerca de 90% de suas nascentes localizadas nesse domínio, que abriga, no entanto, cerca de 55% de seu leito, o que nos permite incluir que as áreas desse bioma são grandes fornecedoras de recursos hídricos para outras localidades.

Até mesmo a Bacia Amazônia não escapa: o rio Xingu, um dos muitos afluentes do Amazonas, advém de nascentes do Cerrado, o que também acontece com a maior parte da Bacia Tocantins-Araguaia e com as bacias do Paranaíba, do Atlântico Leste e Atlântico Leste Ocidental.

A Bacia Platina, por sua vez, é também resultante de águas que surgem no Cerrado, que abriga o início das bacias do Paraná e do Paraguai. Essas bacias juntam-se e formam a rede de drenagem em questão, que envolve o Rio da Prata, um dos mais importantes da América do Sul.parque-jalapao

O Cerrado abriga a origem de tantas nascentes e fontes de água porque boa parte dessa configuração estratégica do Domínio Morfoclimático do Cerrado está na sua posição e no relevo. Em termos de extensão, o Cerrado é a segunda maior formação vegetal da América Latina, atrás apenas da Floresta Amazônica, ocupando, assim, uma posição central ao longo do espaço natural e geográfico do continente sul-americano. Além disso, as formas de relevo, sobretudo nas zonas planálticas, contribuem para o surgimento de nascentes de rios, que rapidamente se deslocam para outras áreas, ao mesmo tempo em que possuem um grande potencial hidrelétrico.

Embora apresente uma importância tão estratégica no que se refere à conservação dos recursos naturais e hídricos, o Cerrado já foi amplamente devastado. Atualmente, esse bioma contém menos de 20% de sua área original. Dessa forma, é preciso adotar medidas para a conservação desse importante domínio florestal, pois de outra forma não é possível vislumbrar perspectivas viáveis para garantir a sustentabilidade da água potável no país.

No cerrado há também uma série de ambientes aquáticos, como nascentes, lagoas efêmeras e ambientes brejosos (buritizais e veredas), assim como rios e riachos, formadores das principais bacias hidrográficas do Brasil. Na sua área nuclear situam-se os Domínios do Paraná, Amazônico e do Leste do Brasil. O Domínio do Paraná abrange as cabeceiras do Rio Paranaíba, seus afluentes da margem esquerda e alguns afluentes da margem direita, como o Rio São Marcos, e também os afluentes da margem direita do alto Rio Paraná. O Domínio do Leste do Brasil inclui as cabeceiras do Rio São Francisco, no Estado de Minas Gerais, e afluentes da margem esquerda, como o Rio Paracatu e o Rio Urucuia. O Domínio Amazônico abrange os cursos do Alto e Médio Rio Araguaia e Rio Tocantins, além de cursos superiores de alguns afluentes dos rios Xingu, Tapajós e Madeira. Há também importantes conexões entre as cabeceiras de rios formadores das bacias hidrográficas do Tocantins, São Francisco e Parnaíba, constituindo áreas conhecidas como “Águas Emendadas”, localizadas no Estado de Goiás, Minas Gerais e no Distrito Federal (Ribeiro, M.C.L.B., 2007).

As bacias hidrográficas apresentam uma biota diversificada e rica em invertebrados e vertebrados aquáticos, entretanto grande parte ainda não é totalmente conhecida. Todas essas bacias hidrográficas apresentam uma biota característica. Quanto à ictiofauna, as espécies que ocorrem nas cabeceiras têm relações mais estreitas com a da própria bacia à jusante do que com a de cabeceiras de outras bacias. Entretanto, nas áreas em que há conexões entre as bacias (“Águas Emendadas”) pode haver troca entre a ictiofauna de cada uma. No Distrito Federal há conexões entre as bacias de Tocantins e Paranaíba, Tocantins e São Francisco, e São Francisco e Paranaíba, embora somente a primeira conexão encontre-se protegida pela ESEC Estadual de Águas Emendadas e as outras duas estejam seriamente comprometidas pela pressão das atividades humanas (Ribeiro, M.C.L.B., 2007).

Do ponto de vista hidrológico, a ecologia do Pantanal, a maior planície alagada do mundo, depende da água que flui do Cerrado, enquanto todos os afluentes do sul do Rio Amazonas, exceto dois, originam-se no Cerrado. Além disso, para grande parte do sul do Brasil, o Cerrado fornece água para o consumo e para a agricultura, através de escoamento superficial, recarga de água subterrânea e fluxos atmosféricos de vapor de água.

Além de sua alta biodiversidade, o Cerrado garante a subsistência das populações humanas dentro e fora de suas fronteiras. Localmente, os recursos da biodiversidade sustentam os meios de vida de milhões de agricultores familiares, comunidades tradicionais e povos indígenas no Cerrado, que somam cerca de 5 milhões de pessoas.

Vem ai: A Expedição Cerradania

About cerradania

Operário das letras, Comunicador e Idealizador da Cerradania, Palestrante,Professor. Letterman, Communicator and Idealizer of Cerradania, Speakers,Teacher.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Central do Cerrado – Produtos Ecossociais

Citizenship actions in the Cerrado biome

Rede MAIS Vida no Cerrado

O berço das águas corre perigo

biomas do cerrado

Citizenship actions in the Cerrado biome

WWF - Latest

Citizenship actions in the Cerrado biome

ISPN

Citizenship actions in the Cerrado biome

Cerratinga

Citizenship actions in the Cerrado biome

Rede Cerrado

Citizenship actions in the Cerrado biome

Citizenship actions in the Cerrado biome

Museu do Cerrado

Citizenship actions in the Cerrado biome

Day by Day the Farm Girl Way...

Simple life on a little piece of land.

Cerradania

Citizenship actions in the Cerrado biome

Jim Caffrey Images Photo Blog

photography from the ground up

%d blogueiros gostam disto: